Bibliotecas em Portugal: A Biblioteca de Babel - Jorge Luís Borges

 



EVENTOS
Conferências e afins
  • Seminário “Ler+ com Imagina: Promoção da Leitura e Literacia com Recurso às TIC“ - Biblioteca da Escola Básica de Santa Clara, Guarda - 25 de Janeiro de 2012
  • VI Seminário - "Exclusão Digital na Sociedade de Informação - Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa - 27 e 28 de Janeiro de 2012
  • Jornadas FCCN - Instituto Politécnico de Santarém - 7 a 9 de Fevereiro de 2012
  • Colóquio "Tratar, Estudar, Disponibilizar - um futuro para as Bibliotecas Particulares" - Palácio da Fronteira - 1 e 2 de Março de 2012
  • X Jornadas da APDIS - "As Bibliotecas das Ciências da Saúde na era da Literacia Digital" - Sede da Associação Nacional das Farmácias, Lisboa - 29-30 de Março de 2012
  • 11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (APBAD) Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, de 18 a 20 de Outubro de 2012.
  • Eventos Passados
     Consultar Lista
    Conferências e afins - Espanha
  • III Jornadas Ténicas de Bibliotecarios de la Iglesia Conferencia Episcopal Española, Madrid - 26 e 27 de Março de 2009
  • IX Coloquio Internacional de Información y Documentación: "Las competencias investigadoras de los profesionales de la información" Facultade de Tradução e Documentação, Salamanca - 20 a 22 de Abril de 2009
  • I Encuentro de "Bibliotecas y Diversidad Cultural" Teatro Auditorio de Cuenca - 6 e 7 de Maio de 2009
  • XI Jornadas Españolas de Documentación FESABID 2009 Auditório do Palacio de Congressos de Saragoça - 20 a 22 de Maio de 2009
  • 17ª Jornadas de Bibliotecas Infantiles Juveniles y Escolares Salamanca - 28 a 30 de Maio de 2009
  • VII Jornada de la SCATERM:Terminologia y Documentación Barcelona - 29 de Maio de 2009
  • XIV Encuentros Internacionales sobre Sistemas de Información y Documentación (IBERSID 2009) - Saragoça - 5 a 7 de Outubro de 2009
  • Feria Internacional del Libro - Madrid - 7 a 9 de Outubro de 2009
  • XV Jornadas Bibliotecarias de Andalucia - Córdova - 15 a 17 de Outubro de 2009
  • XIII Jornadas Nacionales de Información y Documentación en Ciencias de la Salud - Auditório Príncipe Felipe de Oviedo - 14 a 16 de Outubro
  • IV Congreso Nacional de Bibliotecas Móviles - Léon - 23 a 24 de Outubro de 2009
  • XI Jornadas de Gestión de la Información - Biblioteca Nacional de España, Madrid - 19 e 20 de Novembro de 2009
  • Eventos Passados
     Consultar Lista
    INSTITUIÇÕES
  • APBAD
  • Biblioteca Nacional
  • DGLB
  • RCBP
  • LiberPolis
  • PORBASE
  • APDSI
  • APDIS
  • APSI
  • INCITE
  • OSIC
  • IFLA
  • UNESCO Libraries Portal
  • UNESCO - Portugal
  • Programas e Iniciativas

  • Itinerâncias - Promoção da Leitura RCBP-DGLB
  • Leitura sem Fronteiras
  • Serviço de Apoio à Leitura (SAL)
  • Leitura - Gulbenkian
  • Theka Gulbenkian
  • TRATAMENTO TÉCNICO E DOCUMENTAL
    Catalogação
  • UNIMARC (BN)
  • UNIMARC Abreviado (Porbase)
  • UNIMARC (IFLA)
  • Catalogação (ESELx)
  • Classificação
  • CDU Consortium
  • Classificação LC
  • Questões sobre a CDU
  • Classificação em Cores
  • Indexação
  • Tesauros - Eurovoc
  • Manual de Elaboração de Tesauros
  • Tesauros - Infothes
  • Tesauro em Ciências da Informação
  • Tesauro de Ciencias de la Documentación - DOCUTES
  • Tesauro da Biblioteconomía y Documentación - CINDOC
  • Tesauros na área do Património, Arte e Arquitectura
  • Indexação na área da Saúde - APDIS
  • Tesauros Brasileiro da Educação
  • Outros
  • Referências Bibliográficas (SDUM)
  • ISBD (M) (IFLA)
  • Diretrizes para Materiais Audiovisuais e Multimédia(IFLA)
  • RECURSOS
    PORBASE / BN
  • Directorio Bibliotecas Cooperantes
  • Unimarc Abreviado
  • UNIMARC - BN
  • Directivas Técnicas PORBASE
  • Boletim PORBASE
  • Serviço de Referência - BN
  • CATÁLOGOS
  • Colectivo- Interface HIP
  • Colectivo - Interface Sirius
  • Bibliografia Nacional Portuguesa
  • DITED - Dissertações e Teses
  • Todos os Catálogos

    Catálogos Colectivos
    Consultar Lista
    Artigos, Teses e afins
    Consultar Lista
    Revistas, Bases de Dados, etc
  • Anales de Documentación
  • BID
  • Biblios
  • Biblioteca Informacións
  • Correo Bibliotecário
  • DataGramaZero
  • DOIS
  • E-LIS Portugal
  • El Profesional de la Información
  • Encontros Bibli
  • Enredadera - CSIC
  • Extra Libris
  • Informação e Sociedade - Estudos
  • Perspectivas em Ciência da Informação
  • Prisma.com
  • Repositório Académico de Biblioteconomia e Ciência da Informação
  • Revista ACB
  • Revista da FEBAB
  • Scielo
  • Temaria
  • Transinformação
  • UNICAMP - Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação
  • BAAB
  • BITI
  • Hypertext
  • IBICT - Ciência da Informação
  • Investigación Bibliotecologica
  • Revista de Informação e Tecnologia
  • E-books
    Consultar Lista
    Manifestos e afins
  • Manifesto da UNESCO sobre as Bibliotecas Públicas - 1994
  • Manifesto IFLA/UNESCO para Biblioteca Escolar - 2000
  • Declaração da IFLA sobre as Bibliotecas e a Liberdade Intelectual- 2002
  • Manifesto para a Preservação Digital- 2002
  • Linhas Orientadoras dos Serviços de Bibliotecas para Jovens - IFLA, 2001
  • Directrizes para serviços de Bibliotecas para Crianças - IFLA, 2003
  • Manifesto da IFLA sobre a Internet - 2002
  • Código de Ética dos Profissionais de Informação - 1999
  • Relatórios e afins

  • "A Imagem das Competências dos Profissionais de Informação-Documentação", coordenação Leonor G. Pinto, Paula Ochôa. OP - ID (2006)
  • "Relatório das Bibliotecas Públicas em Portugal", coordenação Maria José Moura, 1996
  • Lançar a Rede das Bibliotecas Escolares. Lisboa, 1997.
  • Glossários e Dicionário
  • Glossário de Biblioteconomia
  • Glossário da Sociedade de Informação
  • ODLIS
  • Acrónimos (SDI-FLUP)
  • BIBLIOGRAFIA
    Consultar Lista
    JORNAIS PORTUGUESES
    Consultar Lista
    BIBLIOTECAS PÚBLICAS
  • Websites e Catálogos
  • Rede Nacional de Biblioteca Públicas (RNBP)
  • Rede de Conhecimento das Bibliotecas Públicas (RCBP)
  • Manifesto da UNESCO sobre as Bibliotecas Públicas - 1994
  • Programa de Apoio às Bibliotecas Municipais - IPLB, 2004
  • "Relatório das Bibliotecas Públicas em Portugal", coordenação Maria José Moura, 1996
  • Os serviços da biblioteca pública : directrizes da IFLA/UNESCO. (em Língua Espanhola) - 2003
  • Bibliotecas Públicas e a Sociedade da Informação -UE, 1997
  • BIBLIOTECAS ESCOLARES / C.R.E.s
  • Websites e Catálogos
  • Rede de Bibliotecas Escolares
  • Rede de Bibliotecas Escolares - Porto
  • Manifesto IFLA/UNESCO para Biblioteca Escolar - 2000
  • Declaração Política da IASL sobre Bibliotecas Escolares - 1993
  • Directrizes da IFLA /UNESCO para Biblioteca Escolar (em Língua Espanhola) - 2003
  •  

  • Lançar a Rede das Bibliotecas Escolares - Relatório do Grupo de Trabalho. Lisboa, 1997
  • Lançar a Rede das Bibliotecas Escolares - Relatório Síntese do Grupo de Trabalho. Lisboa, 1997
  • Bibliotecas, Mediatecas, Centros de recursos nas escolas - Com quem? Lisboa, 1998
  • Bibliotecários Escolares: Linhas Orientadoras para Requisitos de Competência. IFLA, Haia, 1995
  • A pesquisa de informação: EB 2,3 e Secundário: o professor e a biblioteca, parceiros do aluno. 1999
  • Espaço BE/CREs
  • BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS
  • Websites e Catálogos
  • RUBI
  • Grupo de Trabalho da BAD de Bibliotecas do Ensino Superior
  • Directório das Bibliotecas do Ensino Superior - elaborado pelo G.T. da BAD de Bibliotecas do Ensino Superior
  • BIBLIOTECAS DIGITAIS
    Nacionais

  • Biblioteca Nacional Digital
  • Biblioteca Nacional Digital - Índice de obras
  • Biblioteca Nacional - Repositório de Dissertações e Teses Digitais
  •  

    Regionais

  • Biblioteca Digital do Alentejo
  • Biblioteca Virtual do Alto Minho
  • BRIBIA - Biblioteca Digital dos Municípios da Ria de Aveiro
  • Biblioteca Digital Açores
  •  

    Institucionais

  • Assembleia da República - BD
  • Instituto Camões - BD
  • Fundação Mário Soares - BD
  • Centro Documentação 25 de Abril - BD
  • Instituto Nacional de Estatística - BD
  • Torre do Tombo - BD
  • ICEP - BD
  •  

    Universitárias

  • B-on
  • Univ. Aberta - Biblioteca Digital
  • Univ. Aberta - Repositório
  • Faculdade de Letras U.L. - Biblioteca Digital
  • Univ. Técn. de Lisboa - Repositório
  • Faculdade de Ciências U.P. - Biblioteca Digital
  • Faculdade de Letras U.P. - Biblioteca Digital
  • Univ. do Porto - Repositório
  • Institucional da F.C.T. - Univ. Nova de Lisboa - Repositório
  • Hospitais da Univ. Coimbra - Repositório
  • SDUM - Universidade do Minho - Biblioteca Digital
  • SDUM - Universidade do Minho - Repositorium
  • ISCTE - Repositório
  •  

    Hemerotecas

  • Hemeroteca Digital de Lisboa
  • Biblioteca Digital de Periódicos Vilacondenses
  •  

    Livros e Leitura

  • Biblioteca online do Conto
  • Casa da Leitura - FGC
  • Projecto Gutenberg - Língua Portuguesa
  •  

    Específicas

  • Biblioteca Digital de Botânica
  •  

    Internacionais

  • The European Library
  • Memória de África
  • Google Book Search
  • Windows Live Search
  •  

    CONFERÊNCIAS e Afins - Comunicações Online
    Biblioteca Nacional
  • 10as Jornadas PORBASE, Biblioteca Nacional, 2006
  • 9as Jornadas PORBASE, Biblioteca Nacional, 2003
  • Seminário Avançado PORBASE, Biblioteca Nacional, 2005
  • Seminário Internacional: "Conhecer e Preservar: Para uma Nova Dimensão da Cultura Europeia no Panorama Digital" - Biblioteca Nacional, Lisboa - 2007
  • Workshop Empréstimo Interbibliotecas - Biblioteca Nacional, 2006
  • Encontros sobre a Preservação Digital - Biblioteca Nacional, 2002
  • Seminário Internacional sobre Digitalização, Biblioteca Nacional, 2004
  • Unimarc & Friends, F. Calouste Gulbenkian, Lisboa, 2005
  •  

    APBAD
  • Congresso Nacional da BAD, Ponta Delgada - Açores, 2007
  • Congresso Nacional da BAD, Estoril, 2004
  • Librarian@2010 Lisboa, 2007
  •  

    DGLB - IPLB
  • 12º Encontro Nacional de Bibliotecas da RNBP, Lisboa, 2005
  • Encontro Luso-Espanhol de Bibliotecas Públicas Lisboa, 2008
  •  

    Biblioteca Pública de Évora
  • Conferência I. C. do Bicentenário da Biblioteca Pública de Évora, 2005
  •  

    APDIS
  • VIII Jornadas APDIS, Lisboa, 2006
  • IX Jornadas APDIS, Algés - Lisboa, Março 2008
  •  

     

    Biblioteca Pública de Oeiras
  • II Encontro "Oeiras a Ler", Oeiras, 2007
  •  

    I.P.P.
  • Encontro Nacional de Bibliotecas do Ensino Superior Politécnico, IPP, Porto, 2004
  •  

    Goethe Institute
  • Encontro: "Autores, Bibliotecas, Editoras" Goethe-Institute Lisboa, 2008
  • Os Profissionais da Informação em Contexto Europeu, Lisboa, 2005
  • Projectos Europeus de Biblioteca
  • CALIMERA
  • COINE
  • DELOS
  • PuLLS
  • TEL
  • TUNE
  • UNET
  • Grupos de Dinamização
  • Andante
  • Arte Pública
  • Artistas Unidos
  • CLIC - Clube de Literatura, Ilustração e Companhia
  • Companhia Panda-Pá
  • O Bicho dos Livros
  • O Contador de Histórias
  • Grupo do Sótão
  • Empresas de produtos da área
    Consultar Lista
    LIVROS / LEITURAS
  • Bibliomanias
  • APEL
  • APP
  • APPLJ
  • Instituto Camões
  • UEP
  • SPAutores
  • Citador
  • Citador - Leituras
  • Clube de Leituras
  • Letrinha
  • Literacias
  • Literatura Lusófona
  • nEscritas
  • Novos Livros
  • o mundo da Leitura
  • os meus livros - revista
  • os meus livros
  • PNET Literatura
  • Portal Galego da Língua
  • Portal da Literatura
  • Projecto Vercial
  • Todos os Livros
  • as tormentas
  • Viajar com...
  •  

  • A Biblioteca da minha escola
  • Casa da Leitura
  • Guia Orientador da Leitura
  • História do Dia
  • OMBEULivro - APP
  • Vamos Ler! Vamos à Biblioteca
  • Páginas dos + Novos
  • A.P.P.
  • C. M. Torres Novas
  • C. D. 25 de Abril
  • Como se faz um Livro?
  • Deco Juvenil
  • R.B.E.
  • WIKIPEDIA
  • Biblioteca
  • Biblioteca Digital
  • Biblioteca Virtual
  • Biblioteconomia
  • Classificação Decimal Universal
  • Classificação D. Dewey
  • Biblioteca Nacional de Portugal
  • Biblioteca Joanina - Coimbra
  • Biblioteca Europeia
  • Biblioteca de Alexandria
  • Outros Recursos
  • Modelo de Código Nacional de EIB (IFLA)
  • Boas-Prácticas em EIB (BN)
  • Empréstimo Internacional e Fornecimento de Documentos - Princípios e Directrizes (IFLA)
  • Manual Básico de Bibliotecas
  • Língua Portuguesa
  • Ciber-Dúvidas
  • Dicionário da Língua Portuguesa (Priberam - Texto ed.)
  • Dicionário da Língua Portuguesa Porto Editora
  • Gramática da Língua Portuguesa (Priberam)
  • História da Língua Portuguesa
  • Observatório da Língua Portuguesa
  • Portal da Língua Portuguesa
  • A Biblioteca de Babel - Jorge Luís Borges
    domingo, maio 21, 2006

    "O universo (que outros chamam a Biblioteca) compõe-se de um número indefinido, e talvez infinito, de galerias hexagonais, com vastos poços de ventilação no centro, cercados por balaustradas baixíssimas. De qualquer hexágono, vêem-se os andares inferiores e superiores: interminavelmente. A distribuição das galerias é invariável. Vinte prateleiras, em cinco longas estantes de cada lado, cobrem todos os lados menos dois; sua altura, que é a dos andares, excede apenas a de um bibliotecário normal. Uma das faces livres dá para um estreito vestíbulo, que desemboca em outra galeria, idêntica à primeira e a todas. À esquerda e à direita do vestíbulo, há dois sanitários minúsculos. Um permite dormir em pé; outro, satisfazer as necessidades físicas. Por aí passa a escada espiral, que se abisma e se eleva ao infinito. No vestíbulo há um espelho, que fielmente duplica as aparências. Os homens costumam inferir desse espelho que a Biblioteca não é infinita (se o fosse realmente, para que essa duplicação ilusória?), prefiro sonhar que as superfícies polidas representam e prometem o infinito... A luz procede de algumas frutas esféricas que levam o nome de lâmpadas. Há duas em cada hexágono: transversais. A luz que emitem é insuficiente, incessante.

    Como todos os homens da Biblioteca, viajei na minha juventude; peregrinei em busca de um livro, talvez do catálogo de catálogos; agora que meus olhos quase não podem decifrar o que escrevo, preparo-me para morrer, a poucas léguas do hexágono onde nasci. Morto, não faltarão mãos piedosas que me joguem pela balaustrada; minha sepultura será o ar insondável; meu corpo cairá demoradamente e se corromperá e dissolverá no vento gerado pela queda, que é infinita. Afirmo que a Biblioteca é interminável. Os idealistas argúem que as salas hexagonais são uma forma necessária do espaço absoluto ou, pelo menos, de nossa intuição do espaço, Alegam que é inconcebível uma sala triangular ou pentagonal. (Os místicos pretendem que o êxtase lhes revele uma câmara circular com um grande livro circular de lombada contínua, que siga toda a volta das paredes; mas seu testemunho é suspeito; suas palavras, obscuras. Esse livro cíclico é Deus.) Basta-me, por ora, repetir o preceito clássico: "A Biblioteca é uma esfera cujo centro cabal é qualquer hexágono, cuja circunferência é inacessível".

    A cada um dos muros de cada hexágono correspondem cinco estantes; cada estante encerra trinta e dois livros de formato uniforme; cada livro é de quatrocentas e dez páginas; cada página, de quarenta linhas; cada linha, de umas oitenta letras de cor preta. Também há letras no dorso de cada livro; essas letras não indicam ou prefiguram o que dirão as páginas. Sei que essa inconexão, certa vez, pareceu misteriosa. Antes de resumir a solução (cuja descoberta, apesar de suas trágicas projeções, é talvez o fato capital da história), quero rememorar alguns axiomas.

    O primeiro: A Biblioteca existe ab aeterno. Dessa verdade cujo corolário imediato é a eternidade futura do mundo, nenhuma mente razoável pode duvidar. O homem, o imperfeito bibliotecário, pode ser obra do acaso ou dos demiurgos malévolos; o universo, com seu elegante provimento de prateleiras, de tomos enigmáticos, de infatigáveis escadas para o viajante e de latrinas para o bibliotecário sentado, somente pode ser obra de um deus. Para perceber a distância que há entre o divino e o humano, basta comparar esses rudes símbolos trêmulos que minha falível mão garatuja na capa de um livro, com as letras orgânicas do interior: pontuais, delicadas, negríssimas, inimitavelmente simétricas.

    O segundo: O número de símbolos ortográficos é vinte e cinco. Esta comprovação permitiu, depois de trezentos anos, formular uma teoria geral da Biblioteca e resolver satisfatoriamente o problema que nenhuma conjetura decifrara: a natureza disforme e caótica de quase todos os livros. Um, que meu pai viu em um hexágono do circuito quinze noventa e quatro, constava das letras MCV perversamente repetidas da primeira linha até a última. Outro (muito consultado nesta área) é um simples labirinto de letras, mas a página penúltima diz Oh, tempo tuas pirâmides. Já se sabe: para uma linha razoável ou uma correta informação, há léguas de insensatas cacofonias, de confusões verbais e de incoerências. (Sei de uma região montanhosa cujos bibliotecários repudiam o supersticioso e vão costume de procurar sentido nos livros e o equiparam ao de procurá-lo nos sonhos ou nas linhas caóticas da mão... Admitem que os inventores da escrita imitaram os vinte e cinco símbolos naturais, mas sustentam que essa aplicação é casual, e que os livros em si nada significam. Esse ditame, já veremos, não é completamente falaz.)

    Durante muito tempo, acreditou-se que esses livros impenetráveis correspondiam a línguas pretéritas ou remotas. É verdade que os homens mais antigos, os primeiros bibliotecários, usavam uma linguagem assaz diferente da que falamos agora; é verdade que algumas milhas à direita a língua é dialetal e que noventa andares mais acima é incompreensível. Tudo isso, repito-o, é verdade, mas quatrocentas e dez páginas de inalteráveis MCV não podem corresponder a nenhum idioma, por dialetal ou rudimentar que seja. Uns insinuaram que cada letra podia influir na subseqüente e que o valor de MCV na terceira linha da página 71 não era o que pode ter a mesma série noutra posição de outra página, mas essa vaga tese não prosperou. Outros pensaram em criptografias; universalmente essa conjetura foi aceita, ainda que não no sentido em que a formularam seus inventores.

    Há quinhentos anos, o chefe de um hexágono superior deparou com um livro tão confuso como os outros, porém que possuía quase duas folhas de linhas homogêneas. Mostrou seu achado a um decifrador ambulante, que lhe disse que estavam redigidas em português; outros lhe afirmaram que em iídiche. Antes de um século pôde ser estabelecido o idioma: um dialeto samoiedo-lituano do guarani, com inflexões de árabe clássico. Também decifrou-se o conteúdo: noções de análise combinatória, ilustradas por exemplos de variantes com repetição ilimitada. Esses exemplos permitiram que um bibliotecário de gênio descobrisse a lei fundamental da Biblioteca. Esse pensador observou que todos os livros, por diversos que sejam, constam de elementos iguais: o espaço, o ponto, a vírgula, as vinte e duas letras do alfabeto. Também alegou um fato que todos os viajantes confirmaram: "Não há, na vasta Biblioteca, dois livros idênticos". Dessas premissas incontrovertíveis deduziu que a Biblioteca é total e que suas prateleiras registram todas as possíveis combinações dos vinte e tantos símbolos ortográficos (número, ainda que vastíssimo, não infinito), ou seja, tudo o que é dado expressar: em todos os idiomas. Tudo: a história minuciosa do futuro, as autobiografias dos arcanjos, o catálogo fiel da Biblioteca, milhares e milhares de catálogos falsos, a demonstração da falácia desses catálogos, a demonstração da falácia do catálogo verdadeiro, o evangelho gnóstico de Basilides, o comentário desse evangelho, o comentário do comentário desse evangelho, o relato verídico de tua morte, a versão de cada livro em todas as línguas, as interpelações de cada livro em todos os livros; o tratado que Beda pôde escrever (e não escreveu) sobre a mitologia dos saxões, os livros perdidos de Tácito.

    Quando se proclamou que a Biblioteca abarcava todos os livros, a primeira impressão foi de extravagante felicidade. Todos os homens sentiram-se senhores de um tesouro intacto e secreto. Não havia problema pessoal ou mundial cuja eloqüente solução não existisse: em algum hexágono. O universo estava justificado, o universo bruscamente usurpou as dimensões ilimitadas da esperança. Naquele tempo falou-se muito das Vindicações: livros de apologia e de profecia, que para sempre vindicavam os atos de cada homem do universo e guardavam arcanos prodigiosos para seu futuro. Milhares de cobiçosos abandonaram o doce hexágono natal e precipitaram-se escadas acima, premidos pelo vão propósito de encontrar sua Vindicação. Esses peregrinos disputavam nos corredores estreitos, proferiam obscuras maldições, estrangulavam-se nas escadas divinas, jogavam os livros enganosos no fundo dos túneis, morriam despenhados pelos homens de regiões remotas. Outros enlouqueceram... As Vindicaçôes existem (vi duas que se referem a pessoas do futuro, a pessoas talvez não imaginárias), mas os que procuravam não recordavam que a possibilidade de que um homem encontre a sua, ou alguma pérfida variante da sua, é computável em zero.

    Também se esperou então o esclarecimento dos mistérios básicos da humanidade: a origem da Biblioteca e do tempo. E verossímil que esses graves mistérios possam explicar-se em palavras: se não bastar a linguagem dos filósofos, a multiforme Biblioteca produzirá o idioma inaudito que se requer e os vocabulários e gramáticas desse idioma. Faz já quatro séculos que os homens esgotam os hexágonos... Existem investigadores oficiais, inquisidores. Eu os vi no desempenho de sua função: chegam sempre estafados; falam de uma escada sem degraus que quase os matou; falam de galerias e de escadas com o bibliotecário; às vezes, pegam o livro mais próximo e o folheiam, á procura de palavras infames. Visivelmente, ninguém espera descobrir nada.

    À desmedida esperança, sucedeu, como é natural, uma depressão excessiva. A certeza de que alguma prateleira em algum hexágono encerrava livros preciosos e de que esses livros preciosos eram inacessíveis afigurou-se quase intolerável. Uma seita blasfema sugeriu que cessassem as buscas e que todos os homens misturassem letras e símbolos, até construir, mediante um improvável dom do acaso, esses livros canônicos. As autoridades viram-se obrigadas a promulgar ordens severas. A seita desapareceu, mas na minha infância vi homens velhos que demoradamente se ocultavam nas latrinas, com alguns discos de metal num fritilo proibido, e debilmente arremedavam a divina desordem.

    Outros, inversamente, acreditaram que o primordial era eliminar as obras inúteis. Invadiam os hexágonos, exibiam credenciais nem sempre falsas, folheavam com fastio um volume e condenavam prateleiras inteiras: a seu furor higiênico, ascético, deve-se a insensata perda de milhões de livros. Seu nome é execrado, mas aqueles que deploram os "tesouros" destruídos por seu frenesi negligenciam dois fatos notórios. Um: a Biblioteca é tão imensa que toda redução de origem humana resulta infinitesimal. Outro: cada exemplar é único, insubstituível, mas (como a Biblioteca é total) há sempre várias centenas de milhares de fac-símiles imperfeitos: de obras que apenas diferem por uma letra ou por uma vírgula, Contra a opinião geral, atrevo-me a supor que as conseqüências das depredações cometidas pelos Purificadores foram exageradas graças ao horror que esses fanáticos provocaram, Urgia-lhes o delírio de conquistar os livros do Hexágono Carmesim: livros de formato menor que os naturais; onipo. tentes, ilustrados e mágicos.

    Também sabemos de outra superstição daquele tempo: a do Homem do Livro. Em alguma estante de algum hexágono (raciocinaram os homens) deve existir um livro que seja a cifra e o compêndio perfeito de todos os demais: algum bibliotecário o consultou e é análogo a um deus. Na linguagem desta área persistem ainda vestígios do culto desse funcionário remoto.

    Muitos peregrinaram à procura d'Ele. Durante um século trilharam em vão os mais diversos rumos. Como localizar o venerado hexágono secreto que o hospedava? Alguém propôs um método regressivo: Para localizar o livro A, consultar previamente um livro B, que indique o lugar de A; para localizar o livro B, consultar previamente um livro C, e assim até o infinito... Em aventuras como essas, prodigalizei e consumi meus anos. Não me parece inverossímil que em alguma prateleira do universo haja um livro total; rogo aos deuses ignorados que um homem - um só, ainda que seja há mil anos! - o tenha examinado e lido. Se a honra e a sabedoria e a felicidade não estão para mim, que sejam para outros. Que o céu exista, embora meu lugar seja o inferno. Que eu seja ultrajado e aniquilado, mas que num instante, num ser, Tua enorme Biblioteca se justifique.

    Afirmam os ímpios que o disparate é normal na Biblioteca e que o razoável (e mesmo a humilde e pura coerência) é quase milagrosa exceção. Falam (eu o sei) de "a Biblioteca febril, cujos fortuitos volumes correm o incessante risco de transformar-se em outros e que tudo afirmam, negam e confundem como uma divindade que delira". Essas palavras, que não apenas denunciam a desordem mas que também a exemplificam, provam, evidentemente, seu gosto péssimo e sua desesperada ignorância. De fato, a Biblioteca inclui todas as estruturas verbais, todas as variantes que permitem os vinte e cinco símbolos ortográficos, porém nem um único disparate absoluto. Inútil observar que o melhor volume dos muitos hexágonos que administro intitula-se Trono Penteado, e outro A Cãibra de Gesso e outro Axaxaxas mlö. Essas proposições, à primeira vista incoerentes, sem dúvida são passíveis de uma justificativa criptográfica ou alegórica; essa justificativa é verbal e, ex hypothesí, já figura na Biblioteca. Não posso combinar certos caracteres

    dhcmrlchtdj

    que a divina Biblioteca não tenha previsto e que em alguma de suas línguas secretas não contenham um terrível sentido. Ninguém pode articular uma sílaba que não esteja cheia de ternuras e de temores; que não seja em alguma dessas linguagens o nome poderoso de um deus. Falar é incorrer em tautologias. Esta epístola inútil e palavrosa já existe num dos trinta volumes das cinco prateleiras de um dos incontáveis hexágonos - e também sua refutação. (Um número n de linguagens possíveis usa o mesmo vocabulário; em alguns, o símbolo biblioteca admite a correta definição ubíquo e perdurável sistema de galerias hexagonais, mas biblioteca é pão ou pirâmide ou qualquer outra coisa, e as sete palavras que a definem têm outro valor. Você, que me lê, tem certeza de entender minha linguagem?)

    A escrita metódica distrai-me da presente condição dos homens. A certeza de que tudo está escrito nos anula ou nos fantasmagoriza. Conheço distritos em que os jovens se prostram diante dos livros e beijam com barbárie as páginas, mas não sabem decifrar uma única letra. As epidemias, as discórdias heréticas, as peregrinações que inevitavelmente degeneram em bandoleirismo, dizimaram a população. Acredito ter mencionado os suicídios, cada ano mais freqüentes. Talvez me enganem a velhice e o temor, mas suspeito que a espécie humana - a única - está por extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta.

    Acabo de escrever infinita. Não interpelei esse adjetivo por costume retórico; digo que não é ilógico pensar que o mundo é infinito. Aqueles que o julgam limitado postulam que em lugares remotos os corredores e escadas e hexágonos podem inconcebivelmente cessar - o que é absurdo. Aqueles que o imaginam sem limites esquecem que os abrange o número possível de livros. Atrevo-me a insinuar esta solução do antigo problema: A Biblioteca é ilimitada e periódica. Se um eterno viajante a atravessasse em qualquer direção, comprovaria ao fim dos séculos que os mesmos volumes se repetem na mesma desordem (que, reiterada, seria uma ordem: a Ordem). Minha solidão alegra-se com essa elegante esperança."

    Mar del Plata, 1941.

    Link do post - publicado por fernando_vilarinho @ 12:41:00  
    0 Comentários:
    Publicar um comentário
    << Home
     

    Sobre o Blogue
    Editores
    fernando_vilarinho José Pedro Silva
    Categorias
  • Acervo Documental
  • Acesso Livre
  • Acontecimentos
  • Actividades de Animação, Divulgação e Marketing
  • Associações e Instituições de Bibliotecas
  • Biblioteca Nacional
  • Bibliotecários/as
  • Bibliotecas Digitais e Virtuais
  • Bibliotecas Escolares
  • Bibliotecas Especializadas
  • Bibliotecas Itinerantes, de Praia, Jardim, Piscina e afins
  • Bibliotecas Universitárias
  • Bibliotecas e a Fundação Calouste Gulbenkian
  • Bibliotecas e Cultura/Sociedade Local e Regional
  • Bibliotecas e a Microsoft
  • Bibliotecas e o Google
  • Bibliotecas e Sociedade
  • Blogues Wikis e Bibliotecas
  • Conferências, Congressos e Afins
  • Direitos Autorais
  • Ensino e Formação
  • Ensino e Formação - Bibliotecários e Técnicos
  • Equipamento, Instalações e Mobiliário
  • Estatísticas
  • Eventos
  • Feira do Livro
  • Fontes de Informação
  • Geral
  • Hemerotecas
  • Informática Internet e Bibliotecas
  • IPLB
  • Legislação
  • Livros e Leitura
  • Plano Nacional de Leitura
  • Preservação e Restauro
  • Projectos / Iniciativas Internacionais
  • Serviços de Biblioteca
  • Subsídios para a História
  • Tratamento Técnico e Documental
  • Séries
  • Bibliotecas Móveis
  • Livros e afins
  • Opinião
  • Perfis de Bibliotecas
  • Personalidades
  • Recortes Literários
  • Redes de Bibliotecas
  • Reflexões de Outros Tempos
  • Serviços
  • Slideshows de Bibliotecas
  • Vídeos de Bibliotecas
  • Websites de Biblioteca
  • Arquivos
    Posts Recentes
  • Fotos e Imagens de Biblioteca / Bibliotecas
  • Código de Ética dos Profissionais da Informação, 1999
  • Primeiro "Biblioyes" do País é inaugurado hoje na ...
  • Biblioteca Municipal de Ílhavo distinguida com rep...
  • "Bibliotecas Vivas" projecto da Associação de Muni...
  • Recortes Literários (I) - "A Cidade e as Serras" ...
  • Programa de visitas exclusivas aos Tesouros da Bib...
  • Oradores em destaque na 27ª Conferência Mundial do...
  • Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça da Moit...
  • Fonoteca de Lisboa celebra 12 anos com 1º Encontro...
  • BLOGUES
    Instituições e Projectos
  • BAD Norte blogue
  • RBE blogue
  • Bibliofilmes
  • Bibliotecas Públicas - Portugal
  • Biblioteca da Ajuda
  • B. M. Aviz
  • B. M. Almodôvar
  • B. M. Cadaval
  • B. M. Entroncamento
  • B. M. Espinho
  • B. M. Fafe - Pólo de Arões
  • B. M. Funchal
  • B. M. Gouveia
  • B. M. Grândola
  • B. M. Sâo João da Madeira
  • B. M. Mação
  • B. M. Maia
  • B. M. Mondim de Basto
  • B. M. Montalegre
  • B. M. Murça
  • B. M. Oeiras
  • B. M. Ponte de Sôr
  • B. M. Ponte de Sôr - anterior
  • B. M. Ribeira Grande
  • B. M. Santa Maria da Feira
  • B. M. de Viana do Castelo
  • B. M. de Vila Nova de Gaia
  • B. M. de Vila Real de St António
  • B. P. de Évora - Intencidades
  • B. P. Regional da Madeira
  • B. M. Bombarral
  • B. M. Ferreira Zêzere
  • Biblioteca/Ludoteca de Mação
  • Biblioteca J. Adelino-C. S.
  • QDQNG de Ler? - B. M. Amadora
  • Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova - O Papalagui
  • Grupo de Trabalho das Bibliotecas da Ass. Munic. de Setúbal
  • bibliofatima
  • Bibliotecas Escolares - Portugal
    D. R. E. Norte

  • A. V. de Escolas de Alijó
  • E. B. 2/3 de Vila Caiz - Amarante
  • EB 2/3 de Arrifana
  • A. V. de Escolas do Ave
  • A. V. de Escolas de Baguim do Monte
  • EB 2,3/S. de Baião
  • Escla Secundária c/3º ciclo de Barcelinhos
  • Escola Secundária Alcaides de Faria - Barcelos
  • EB 2/3 de Barroselas
  • EB 2/3 de Beiriz
  • EB 2/3 de Beiriz (anterior)
  • EB 2/3 André Soares - Braga
  • A. V. de Escolas de Castelo de Paiva
  • Escola Secundária de Castelo de Paiva
  • A. V. de Escolas de Celeirós
  • A. V. Dr. Francisco Gonçalves Carneiro - Chaves
  • Escola Secundária / 3 Prof. Dr. Flávio Pinto Resende - Cinfães
  • E.B. 2/3 Dr Ferreira da Silva - Cucujães
  • EB 2/3 de Marinhas - Esposende
  • Escola Secundária de Felgueiras
  • EscolaB 2/3 de Marinhas - Esposende
  • EB 2/3 de Jovim - Gondomar
  • EB 2/3 Egas Moniz - Guimarães
  • Escola Secundária Pd Benjamim Salgado - Joane
  • EB 1 Nº1 Lamego
  • EB2/3 Lanheses
  • EB 2/3 Lanheses
  • Escola Secundária da Lousada
  • A. V. de Escolas de Macedo de Cavaleiros
  • A. V. de Escolas do Mosteiro e Cávado
  • Agrupamento de Escolas de Peso da Régua
  • EB 2/3 Pêro Vaz de Caminha - Porto
  • EB 2/3 Cerco - Porto
  • A. V. de Escolas Manoel de Oliveira - Porto
  • EB 2/3 Rio Tinto
  • A. V. de Escolas de Rebordosa
  • A. V. de Escolas Fernando Pessoa - Santa Maria da Feira
  • Rede de Bibliotecas Escolares de S. João da Madeira
  • EB 2/3 Maria Manuela Sá - S. Mamede de Infesta
  • A. V. de Escolas de Macedo de Cavaleiros
  • EB 2/3 Visconde de Vila Maior - Torre de Moncorvo
  • EB 2/3 Vila Caiz
  • Escola Secundária D. Afonso Henriques - Vila das Aves
  • EB 2/3 Vila Pouca de Aguiar
  • A. V. Monsenhor Jerónimo do Amaral de Vila Real
  • BI Monsenhor Elísio Araújo - Vila Verde
  • Escola Secundária Morgado Mateus - Vila Verde
  • EB 2/3 de Vila Verde
  •  

    D. R. E. Centro

  • EB 2/3 de Arganil
  • EB 2/3 Professor Mendes Ferrão - Arganil
  • Escola Secundária José Estevão - Aveiro
  • A. V. de Escolas do Caramulo
  • Escola Secundária/3 Carregal do Sal
  • Escola Secundária/3 Carregal do Sal
  • EB 2/3 Carregal do Sal
  • Rede de Bibliotecas de Carregal do Sal
  • A. V. de Escolas Cidade de Castelo Branco
  • Escola Secundária/3 de Castro Daire
  • EB 2/3 Zeca Afonso – Taveiro - Coimbra
  • Escola Secundária/3 Quinta das Flores - Coimbra
  • EB1 da Esgueira
  • Escolas de Fiães
  • ES/3 Cristina Torres - Figueira da Foz
  • ES/3 Dr. Bernardino Machado - Figueira da Foz
  • EB 1 Tílias - Fundão
  • Escola Secundária do Fundão
  • EB 23/S José Silvestre Ribeiro, Idanha-a-Nova
  • EB 2/3 Dr. João Carlos celestino Gomes - Ílhavo
  • EB 2/3 de Lajeosa do Dão
  • Escola Secundária Felismina Alcântara - Mangualde
  • EB1 nº 2 de Mangualde
  • Escola Secundária de Mealhada
  • EB1 de Macieira de Sarnes - Oliveira Azeméis
  • EB2,3/S de Oliveira de Frades
  • Agrupamento Conde de Ourém - Ourém
  • Escola Secundária de Ourém
  • Escola Secundária c/3º ciclo Júlio Diniz - Ovar
  • A. V. Escolas de Paços de Brandão
  • Escola Secundária de Peniche
  • Escola Secundária/3 de Santa Comba Dão
  • Escola Secundária Frei Rosa Viterbo - Sátão
  • EB 2/3 Padre João Rodrigues - Sernancelhe
  • Escola Secundária/3 de Sever do Vouga
  • Escola Secundária/3 CEB da Tábua
  • EB2,3/S João Garcia Bacelar - Tocha
  • Escola Secundária/3 de Tondela
  • EBI da Torreira
  • A. V. de Escolas de Tortosendo
  • EB 2/3 Aquilino Ribeiro - Vila Nova de Paiva
  • A. V. de Escolas de Vila Nova de Poiares
  • EB 2/3 de Vilarinho do Bairro
  • EB1 n.º1 Ribeira - Viseu
  •  

    D. R. E. Lisboa

  • Escola Secundária D. Inês de Castro - Alcobaça,
  • Escola Secundária/3 António Gedeão - Laranjeiro - Almada
  • EB 2/3 D. António Costa - Almada
  • A. V. Escolas de Azeitão
  • EB 2/3 de Quinta da Lomba - Barreiro
  • Escola Secundária Raúl Proença - Caldas da Rainha
  • Escola Secundária de Cascais
  • EB 2,3 Padre Alberto Neto - Cascais
  • EB 2,3 Prof. António Pereira Coutinho - Cascais
  • Escola Secundária Frei Gonçalo de Azevedo - Cascais
  • EB 1/2/3 Charneca da Caparica
  • Agrpamento de Escolas Cónego de Melo L. Perdigão- Caxarias
  • A. V. de Escolas de Colmeias
  • Escola Secundária/3 do Entroncamento
  • EBi Cruz da Areia - Leiria
  • Escola Secundária de Camões
  • Escola Secundária Vergílio Ferreira - Lisboa
  • A. V. de Escolas de Alvalade - Lisboa
  • EB/JI 1,2,3 Vasco da Gama - Lisboa
  • ES/3 Braamcamp Freire - Lisboa
  • EBI Quinta de Marrocos - Lisboa
  • EBI Quinta de Marrocos - Lisboa
  • EB2,3 Luís de Sttau Monteiro - Loures
  • EB 1/JI de Ribamar - Lourinhã
  • EB 2/3 de Ribamar - Lourinhã
  • EB 2/3 Dr. Afonso Rodrigues Pereira - Lourinhã
  • EB1/Ji Prof. João Dias Agudo - Póvoa da Galega - Mafra
  • EB1 Hélia Correia - Mafra
  • EB1 Hélia Correia - (anterior) - Mafra
  • Escola Secundária José Saramago - Mafra
  • EB 2/3 Fragata do Tejo - Moita
  • EB1 do Monte da Caparica
  • EB1/JI Nº 1 do Monte de Caparica
  • Escola Secundária da Ramada - Odivelas
  • A. V. de Escolas de Palmela
  • EB 2/3 de D.Pedro IV em Queluz
  • A. de Escolas Alexandre Herculano - Santarém
  • Escola Secundária/3 José Cardoso Pires - St António dos Cavaleiros
  • EB 1 /JI Bela Vista – St Iria da Azóia
  • EB 1 /JI Alto da Eira – St Iria da Azóia
  • scola Básica 2,3/S Michel Giacometti, Quinta do Conde, Sesimbra
  • Escola Secundária Bocage - Setúbal
  • Escola Secundária Lima de Freitas - Setúbal
  • Escola Secundária Sebastião da Gama - Setúbal
  • EB 2/3 Luísa Todi - Setúbal
  • EB1 Nº 5 - Setúbal
  • EB1 Nº 7 - Setúbal
  • EB1 Nº 8 - Setúbal
  • EB1 Nº 9 Casal das Figueiras - Setúbal
  • EB1 Manteigadas - Setúbal
  • EB1 Praias do Sado - Setúbal
  • EB1 do Viso - Setúbal
  • Bibliotecas Setúbal
  • A. V. de Escolas de D. Fernando II - Sintra
  • EB 2,3 Mestre Domingos Saraiva - Sintra
  • Escola Secundária Ferreira Dias - Sintra
  • EBI com Jardim de Infância Elias Garcia - Sobreda de Caparica
  • EB 2/3 da Venda do Pinheiro
  • EB1 João Dias Agudo - Venda do Pinheiro
  • Escola Secundária/3 Ciclo de Vendas Novas
  • EB 1 do Cabo - Vialonga
  • EB 2/3 D. Maria II- Vila Nova da Barquinha
  • E S. Alves Redol - Vila Franca de Xira
  • Bibliotecas Escolares de Amadora, Sintra e Cascais
  •  

    D. R. E. Alentejo

  • EB 2/3 D. José B. Camacho - Aljustrel
  • Escola Cunha Rivara - Arraiolos
  • Escola Secundária de Campo Maior
  • EB 2/3 de Elvas
  • EB 2/3 Vilalva - Évora
  • A. H. de Escolas de Grândola
  • EB1 com JI de Pias
  • EB 1/JI Ponte de Sor
  • Escola Secundária Mouzinho da Silveira - Portalegre
  • Agrupamento nº 2 de Portalegre
  • Agrupamento nº 1 de Portalegre
  • E. S. Conde Monsaraz - Reguengos de Monsaraz
  • EB 2/3 Frei André da Veiga - Santiago do Cacém
  • Escola Secundária de Serpa
  • EBI C/JI Dr. Manuel Magro Machado - ST António das Areias
  •  

    D. R. E. Algarve

  • Bibliotecas RBE do Algarve
  • Rede de Bibliotecas do Baixo Guadiana
  • Bibliotecas Escolares de 1º Ciclo do concelho de Albufeira
  • Escola Secundária de Albufeira
  • EB 2/3 Dom Martim Fernandes - Albufeira
  • EB2,3 Francisco Cabrita - Albufeira
  • EB1 nº1 de Albufeira
  • EB1/JI dos Olhos d'Água - Albufeira
  • EB1 dos Brejos - Albufeira
  • EB1/JI Paderne - Albufeira
  • EB1 dos Caliços - Albufeira
  • EBI de Martinlongo - Alcoutim
  • EBI de Alcoutim
  • EBI/JI de Aljezur
  • EB 2/3 Dr. António da Costa Contreiras - Armação de Pêra
  • EB 2/3 Castro Marim
  • A. V. de Escolas de Alvor
  • Escola Secundária de Faro
  • EB 2/3 de Emiliano da Costa - Faro
  • EB1/JI nº 1 - Faro
  • EB1/JI nº 2 do Carmo - Faro
  • EB1 nº 3 Bom João - Faro
  • EB1 de Alto de Rodes - Faro
  • E.B.2,3 Jacinto Correia - Lagoa
  • EBI A. V. Jacinto Correia - Lagoa
  • A. V. de Escolas de Lagos
  • Escola Secundária Gil Eanes - Lagos
  • EB1 Nº4 de Loulé
  • EB 2/3 Engº Duarte Pacheco - Loulé
  • EB1 Mãe Soberana - Loulé
  • EB 2/3 D. Diniz - Loulé
  • EB2,3 João Coelho Cabanita - Loulé
  • EBI Aníbal Cavaco Silva - Loulé
  • Escola Secundária/3 Laura Ayres - Loulé
  • A. V. de Escolas de Monchique
  • Escola EB 2/3 de Monte Gordo
  • Rede das Bibliotecas de Olhão
  • EB 2/3 António João Eusébio - Olhão
  • EB 2/3 José Carlos da Maia - Olhão
  • EB 2/3 João da Rosa - Olhão
  • EB2,3 João da Rosa - Olhão
  • EB 2/3 Eng. Nuno Mergulhão - Portimão
  • EBI de Salir
  • EB 2/3 Bernardo Passos – São Brás de Alportel
  • EB 2/3 Dr. Garcia Domingues - Silves
  • Escola Secundária de Silves
  • EBI nº 2 Tavira
  • EBI D. Manuel I – Tavira
  • A. V. de Escolas Dom Paio Peres Correia - Tavira
  • Escola Secundária Jorge A. Correia - Tavira
  • EB 2/3 de S. Vicente - Vila do Bispo
  • ESEB3 de Vila Real Stº António
  • EB 2/3 D. José I - Vila Real Stº António
  • EB2,3 Infante D. Fernando - Vila Real Stº António
  •  

    Madeira

  • Escola B+S Bispo D. Manuel Ferreira Cabral - Santana
  • Bibliotecas Universitárias - Portugal
  • Biblioteca Dr. Alberto Saavedra - ICBAS - Univ. do Porto
  • Serviços de Documentação da Univ. Aveiro
  • Biblioteca ISCA - Univ. Aveiro
  • Biblioteca da Faculdade de Belas Artes da Univ. de Lisboa
  • Biblioteca da Faculdade de Farmácia da Univ. de Lisboa
  • Biblioteca Faculdade de Letras da Univ. de Lisboa
  • Biblioteca da ESA - Inst. Politécnico de Bragança
  • Escola Superior de Dança - Inst. Politécnico de Lisboa
  • Pessoais - Portugal
  • A Biblioteca de Jacinto
  • Adrian & Pandora
  • andorinha
  • Balcão de Biblioteca
  • bibliofototeca
  • bibliojornal
  • bibliopartilhas
  • bibliotecar
  • bibliotecário anarquista
  • bibliotequices
  • bibvirtual
  • blogs_em_bibliotecas
  • Biblioteca 3G
  • Bibliotecas do futuro
  • Bibliotecas Portuguesas
  • O Cão que comeu o livro
  • Cibertecario 2.0
  • cienctdi
  • entre estantes blog
  • espaço_tet
  • folhas soltas
  • a Informação
  • Info Teka
  • livros & leituras
  • lunapappa
  • infóscopio
  • manuscritos digitais
  • na biblioteca, ao sul
  • paper music
  • Planeamento e Gestão de Bibliotecas
  • Planeamento e Gestão de Bibliotecas Digitais
  • Rato_de_Biblioteca
  • Sphere
  • SDP-BC IPP
  • Viva Biblioteca Viva
  • biblioArq
  • Bibliotecas e companhia
  • Biblioteconomia
  • ciência da informação
  • ctdi
  • gestão da informação
  • intencidade - antigo
  • pisa-papéis
  • Brasileiros
  • abrindo espaço
  • biblio design
  • Bibliofocus
  • Biblioportal
  • biblioque
  • Biblioteca de Babel
  • Biblioteca Central UF - RGS
  • Bibliotecários sem Fronteiras 2.0
  • Bibliotecários sem Fronteiras - antigo
  • Bibliotecas y Pueblos Originarios
  • Bibliotequices e afins
  • Biblioteconomia UFG
  • Bitbiblio
  • Blog do Kuramoto
  • Cientistas da informação
  • Diário de uma Bibliotecária
  • na era da informação
  • ExtraLibris blog
  • Fabiano Caruso
  • Informando e aprendendo na era do conhecimento
  • Jacksom Medeiros Weblog
  • ler..ler..ler
  • Librarianship
  • mundo bibliotecário
  • nipeeb
  • Roosewelt lins
  • O Ser Bibliotecário
  • SciencePB
  • Bibfis UFRGS
  • web librarian
  • extra libris
  • Sobre Sites : Biblioteconomia
  • Portal do Bibliotecário - Brasil
  • Espanhóis
  • Bauenblog
  • BiblioBlog
  • biblioteca escolar
  • bibliotecando
  • bibliotecário 2.0
  • bibliotecas digitales
  • bibliotecosas
  • busca-noticias
  • Cartafol de gardalivros
  • catorze
  • deakialli
  • deakialli - antigo
  • dospuntocero
  • DocuCoruña
  • Documania07
  • Documentación
  • el documentalista audaz
  • el documentalista enredado
  • documentamania
  • formación de usuarios de biblioteca
  • gamoia
  • geekteca
  • infogestores (Chile)
  • jmcollado
  • La imagem social del bibliotecario
  • liderazgo en bibliotecas
  • mixobitácora
  • Ranganatha 2
  • blog sedic
  • Tao Blog España ByD
  • Teka_Teka
  • VeaseAdemas
  • bibliobus
  • biblioteca de bartleby
  • Bibliotecario Esceptico
  • Caminitos
  • Documenta2
  • Documentalistas
  • Incatalogable
  • a proposito de
  • blog de cómic
  • Blogueteca da BETSA
  • IES Allariz
  • IES as Mariñas - Betanzos
  • Biblioteca IES Auga de Laxe
  • Rincon del bibliotecário
  • Livros e Leitura
  • Almocreve das Petas
  • O Bicho dos Livros
  • Clara Haddad
  • Contos da Carochinha - Brincadeiras com Arte
  • da Literatura
  • dizedores
  • Extratexto
  • Gavea
  • Leitura Partilhada
  • Ler
  • ler do ler
  • letra pequena
  • a Lura dos Livros
  • Mediadores, Livros e Leitores
  • mundo Pessoa
  • Objecto Cardíaco
  • o contador de histórias
  • Tricontando
  • A cidade e os livros
  • Livro Aberto
  • Livros com Letras
  • Pilha-Livros
  • Alcameh
  • A oficina do tio Lunetas
  • Netescrita
  • LengaLengas
  •  

  • A Canción do Náufrago
  • Bibliómano
  • Bibliometria
  • Bretemas
  • casa das letras
  • con valor
  • Fragmentos da Galaxia
  • Librosfera
  • Unos tipos duros
  • El blog del futuro del libro
  • Libros e Bitios
  • Marcafilia
  • the residence of the gods
  • Áreas Confinantes
  • Indústrias Culturais
  • caderno de campo
  • eMuseu
  • mouseion
  • no mundo dos museus
  • Pporto dos museus
  • notas soltas - Pedro Penteado
  • o Arquivista
  • Arquivos Religiosos
  • diário de arquivistas
  • crescer com o Património
  • património arterial
  • patrimónios
  • Instituições de Arte e Cultura
    Consultar Blogues
    Google Blogues
  • Google Blog
  • Google Book Search
  • Google Co-op
  • Google Docs & SpreadSheets
  • Google Librarian Blog
  • Google Maps
  • Google Blogoscoped
  • Google Earth Blog
  • Google Maps mania
  • Matt Cutts
  • the real blogger status
  • Web 2.0 blogs
  • del.icio.us
  • flickr
  • ning
  • slideshare
  • Esfera Pessoal
    Consultar Blogues
    Fóruns
  • Bookcrossing
  • Citador - Literatura
  • Sala dos Professores - Biblioteca
  • Stats, Tools, Feeds...

    BLOGGER

    eXTReMe Tracker

    StateCounter Stats

    Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory